segunda-feira, 30 de maio de 2016

MULHER É VÍTIMA DE ESTUPRO EM ASSALTO NA PRAIA DO MARACANÃ EM SANTARÉM-PA






Ela estava na companhia de amigos na madrugada desta segunda-feira (30).
Grupo foi rendido e ficou por quase uma hora nas mãos dos criminosos.
Uma mulher foi vítima de estupro na madrugada desta segunda-feira (30) durante um assalto na praia do Maracanã, que fica na zona urbana de Santarém, no oeste do Pará. Ela estava na praia da companhia de amigos. O grupo foi rendido por volta de 3h e ficou por quase uma hora nas mãos de três criminosos, que estavam armados com faca e terçado. Uma das vítimas conseguiu fugir e chamar a polícia.
Uma das vítimas, que preferiu não se identificar, falou da ação dos assaltantes. “A gente viu um moleque baixar (...), a gente pensou que era vigia do barco. Aí de lá a gente levantou e já vinha embora, ai apareceu outro (...). Apareceu mais um correndo, cada um com facão. Abordaram a gente, e mandaram a gente deitar no chão, pegaram carteira e tudo, celular, ameaçaram, deram uma lapada de terçado no meu colega ainda”, relata.
De acordo com a polícia, era por volta de 4h quando chegaram à praia e os suspeitos haviam fugido. Eles levaram pertences das vítimas, entre eles, os celulares. No local, os policiais encontraram as vítimas com as roupas rasgadas e bastante apavoradas. O caso deve ser registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil. Um inquérito também deve ser aberto para apurar o caso e prender os assaltantes.
Ainda segundo a entrevistada, que preferiu não se identificar, o amigo dela também sofreu abuso sexual. “O outro tava abusando da minha amiga (...). Ele já tinha tirado a roupa do meu colega e a roupa dela. Eu consegui fugir, porque outro colega dele foi pegar o carro do meu amigo. Ele veio pra cá e foi a hora que o vigia me chamou, ai ele se espantou e pulou na água e foi a hora que eu aproveitei pra correr”, afirma.

Fonte: G1 Santarém
Leia Mais ►

VÍDEO MOSTRA IMPACTO DAS NOVAS REGRAS NA CAMPANHA ELEITORAL DE 2016



Professor da ESPM detalha mudanças em módulo de ensino a distância sobre marketing político
Brasília, 30 de maio de 2016 - Diga quem você é e o que você pensa. Segmente o conteúdo de acordo com o público que você quer atingir. Peça doações em dinheiro para pessoas físicas. Essas são algumas dicas de Marcelo Vitorino, professor de marketing político da ESPM, no vídeo Reforma Eleitoral Brasileira - o Impacto das Mudanças, que você pode ver na íntegra abaixo (se o frame não aparecer pode clicar neste link):
O vídeo faz parte do módulo "Reforma Eleitoral Brasileira" do curso a distância "Marketing Político e Eleitoral: a Vez do Digital". O curso completo tem 18 módulos, que podem ser adquiridos por pacotes, de acordo com a área de conhecimento desejada. Há pacotes para planejamento, produção de conteúdo, monitoramento e até para combate ao jogo sujo na internet. Além dos módulos, os alunos são convidados a integrar um grupo exclusivo para poderem tirar dúvidas e compartilhar experiências. E também compõe o curso um encontro semanal, online, com o professor, para dúvidas em tempo real. Cada módulo é composto por aulas de até 15 minutos, indicações de materiais complementares e um teste de conhecimentos.
O valor do programa completo é de R$ 1.290,00, e combinações parciais podem ser estruturadas com valores a partir de R$ 700,00. Para os que se inscreverem até 15 de junho, será oferecido 30% de desconto. As vendas estão disponíveis em prevenda.presencaonline.com
Sobre Marcelo Vitorino
Sócio da Presença Online, especialista em comunicação e gestão de crise, com 15 anos de experiência no marketing tradicional e nove no digital, atua como consultor e estrategista de comunicação digital nos setores público, privado e social. Já palestrou nos principais eventos digitais do Brasil: iMasters Intercon, Campus Party, Social Media Brasil, Café com Blogueiros, Circuito 4×1, Fórum de Mídias Digitais Sociais, Youpix. É professor na ESPM-São Paulo, dos cursos  “Marketing Político Eleitoral: a vez do digital” e “Estratégias Digitais para Resultados”  e no MBA do IESB -Brasília, na disciplina Marketing Político em Ambientes Digitais.

Mais Informações:
Paulo Roberto Silva

Leia Mais ►

SÃO JOÃO, SÃO JOÃO, ACENDE A FOGUEIRA DO MEU CORAÇÃO ! EM FARO-PA, O MELHOR SÃO JOÃO DA REGIÃO !!!!

Foto> z fioravante
z
Leia Mais ►

ARTIGO: MOMENTO DE SILÊNCIO E BARÃO DO RIO BRANCO



- por Paiva Netto (*)

Há décadas, estabelecemos a cerimônia de um instante de silêncio antes da oração que sempre inicia as atividades diárias nas Instituições da Boa Vontade, no intuito de fortalecer a ligação das equipes solidárias das IBVs com a Espiritualidade Superior, fato que vem se tornando prática cotidiana em empresas.
Já comentei nas minhas preleções no rádio e na televisão algo da história do momento de silêncio; no entanto, não custa relembrar. Em 10 de fevereiro de 1912, faleceu o diplomata, professor e jornalista José Maria da Silva Paranhos Júnior (1845-1912), o Barão do Rio Branco, um dos maiores chanceleres, senão o maior, que o Brasil conheceu. Era filho do Visconde do Rio Branco, o criador da Lei do Septuagenário — aos 70 anos os escravos estariam libertos, contudo, quantos alcançariam essa idade? 
A morte de Paranhos Júnior foi muito lamentada. Quando a notícia chegou a Lisboa, a Câmara dos Deputados, sob o comando de Aresta Branco (1862-1952), suspendeu a sessão por meia hora, como era tradicional, em respeito ao ilustre diplomata. Porém, o Senado, no dia posterior, cuja presidência estava a cargo de Anselmo Braamcamp (1849-1921), secretariado por Bernardino Roque e Bernardo Paes de Almeida, inovou o costume. O presidente fez uma pausa na reunião e destacou: “Os altos serviços por aquele estadista prestados a Portugal e a circunstância de ser ele ministro quando o Brasil reconheceu a república portuguesa”, conforme o registro do lisboeta Diário de Notícias, que ainda anotou: “Honrou também o Barão do Rio Branco as tradições lusitanas da origem da sua família e por tudo isso propôs que durante dez minutos, e como homenagem à sua memória, os senhores senadores se conservassem silenciosos nos seus lugares. Assim se fez...”.
Foi a deferência ao grande brasileiro que retornara à Pátria Espiritual. 

O Cristo interno
Diante da vida tão atribulada que levamos, surge a argumentação: “É dificílimo obter um minuto de silêncio, que seja, com as crianças correndo, num feliz alarido, o vizinho com o som superelevado, aquela britadeira em frente da minha janela, ou com os mil problemas que tenho de enfrentar. Sinto muito, mas não consigo”. 
Consegue, sim! Não falo restritamente da quietude física. Refiro-me em especial àquela buscada dentro do Espírito. Você mesmo, às vezes num ônibus barulhento, apinhado, quente, o tráfego intenso, desliga-se pensando naquela questão que precisa sanar. Nada em volta o perturba ou o estorva. E quando desce do coletivo diz: “Puxa vida! Parecia impossível sair de tamanha enrascada e agora, naquele bendito ônibus, embora jogando calor em mim, a solução apareceu”. Por quê?! Porque Você entrou no silêncio, dialogou com o seu Cristo interno, com a ajuda do Espírito Santo.
Tudo na existência material é relativo. Basta ver que nas guerras pessoas se matam na presença de paisagens extraordinárias que Deus lhes oferece para acender no âmago justamente a vontade de viver. 

Maior riqueza
Os guris estão correndo, abrindo a geladeira, está uma confusão no meio da rua? Você saberá entrar no silêncio de si mesmo, de si própria, para sentir no íntimo a influência divina. Aproveite esses instantes de meditação, leia o Evangelho de Jesus, riqueza imensa deste e do Outro Mundo, e verá quantos benefícios a sua vida receberá. Mas, primeiro, vamos aplacar os ruídos da Alma. Um minuto de silêncio.

TBV
O Templo da Boa Vontade, em Brasília, é hoje amplamente reconhecido como excelente local para a criatura aquietar o coração e elevar o pensamento ao mais Alto, ganhando assim forças para seguir avante. O TBV preconiza o Ecumenismo Total, expressão criada pelo saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur (1914-1979), o qual propõe a fraterna aliança da Humanidade da Terra com a do Mundo Espiritual Superior e com qualquer civilização que possa haver no Espaço.

-----------------------------------------------------------------------------


José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Leia Mais ►

CRIANÇAS ATENDIDAS PELA LBV EM BELÉM RECEBEM VACINA CONTRA A GRIPE H1N1




Parceria da LBV com a Secretaria Municipal de Saúde garantiu imunização dos atendidos em Belém do Pará
Belém, PA — Os alunos entre 3 e 5 anos que estudam na Escola de Educação Infantil Jesus participaram da Campanha de Vacinação Infantil Contra a Gripe H1N1. O mutirão foi realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SESMA).
A ação reforça o trabalho de prevenção à saúde desenvolvido por meio de atividades pedagógicas com os alunos e seus familiares. “Fico muito feliz de saber que a LBV está promovendo a vacinação contra a gripe H1N1 para beneficiar as crianças e proporcionando uma boa qualidade de vida saudável a cada pequenino”, destacou Nildete Alves, uma das mães atendidas pela LBV.
Em Belém, PA, a Escola de Educação Infantil, da Legião da Boa Vontade, está localizada na Travessa Padre Eutíquio, 1976 — Batista Campos. Para outras informações, ligue: (91) 3225-0071.

Fonte/Foto:  Ana Paula Francinete
Assessoria De Comunicação Da LBV
Leia Mais ►

... E A VIDA CONTINUA BELA !

Foto> Fábio Nascimento

Leia Mais ►

RIO NEGRO MANTÉM ENCHENTE LENTA EM MANAUS, AFIRMA CPRM




Dados do CPRM informam que este é um processo regular; rio chegou a 26,87 metros na sexta-feira
MANAUS - A enchente do rio Negro no Porto de Manaus este ano continua lenta. De acordo com o 20° boletim de monitoramento hidrológico da Superintendência Regional do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), o nível do rio apresentou uma diferença de 21 centímetros de sábado (21) até a última sexta-feira (27), quando chegou à marca de 26,87 metros. Em 2015, no mesmo período, o rio havia subido 23 centímetros e atingiu a cota de 29,24m no dia 27 de maio.
Em São Gabriel da Cachoeira, no alto rio Negro, as cotas encontram-se próximas às observadas em 2002 quando ocorreu a cheia máxima da série histórica. Segundo o CPRM, este é um processo regular.
Na Bacia do Purus ocorre o início da vazante com cotas abaixo da média para esta época do ano. No rio Acre, na estação de Rio Branco (AC), "o nível encontra-se semelhante ao registrado no mesmo período em 2011 quando ocorreu a seca histórica", alertou o órgão.
O nível do rio Branco, em Roraima, encontra-se em processo de enchente com cotas ainda baixas em relação à média. O Solimões, em Tabatinga, baixa lentamente desde 28 de abril e já apresenta reflexos na estação de Fonte Boa. Nas demais estações, o rio continua em processo de enchente. Já na bacia do rio Amazonas, a enchente apresenta níveis baixos para a época e a do Madeira, em Humaitá, o rio segue em processo de vazante.

Fonte/Foto: portalamazonia.com.br/Clarissa Bacellar
Leia Mais ►