segunda-feira, 1 de setembro de 2014

PARADA PARA O MERGULHO

Foto: Demerson Mendes (santareno, fotógrafo profissional).

Leia Mais ►

ATOR DA GLOBO VAI PARTICIPAR DO PARAÍSO FASHION WEEKEND EM SANTARÉM-PA




Ator da Rede Globo, Rodrigo Simas (foto), uma das estrelas da novela Boogie Oogie, desembarc
a em Santarém no próximo dia 20.
Vai participar do Paraíso Fashion Weekend 2014, desfile de moda que será realizado de 19 a 21 deste mês no Paraíso Shopping Center, na avenida Mendonça Furtado.
O evento é realizado pelo setor marketing do shopping, que tem à frente o jornalista e promoter Fábio Barbosa.
Fonte/Foto: jesocarneiro.com.br/Divulgação
Leia Mais ►

A NOITE DA SEXTA FEIRA, 29, EM FARO-PA FOI DEDICADA AO FOLCLORE




“O folclore é uma cultura popular brasileira, que representa a identidade social da comunidade através de suas criações culturais coletivas ou individuais.
Os portugueses deixaram profundas heranças para nossa cultura e para a identidade do povo. Hoje, a maioria dos brasileiros tem alguma ancestralidade portuguesa, indígena ou africana”.
Alunos, professores e funcionários da Escola Municipal de Ed. Infantil e Ensino Fundamental São João Batista, de Faro, proporcionaram ao grande número de pessoas que compareceram ao Night Clube na noite da sexta feira, 29, uma sequencia de danças, dramatizações e lendas inspiradas em diversas figuras do folclore nacional. E o espetáculo apresentado agradou, e muito!
Figuras como Saci, Curupira, Boto, Iara e Matita Pereira foram apresentadas de forma dramatizada pelas crianças, com participações eventuais dos professores: coreografias, cenografia e vestuário bem ensaiados e cuidados, além do grande público presente fizeram o sucesso da Noite Cultural.
Uma boa forma de manter viva a cultura, através da divulgação do folclore regional e nacional.
Parabéns aos organizadores, participantes e também ao público que prestigiou e aplaudiu as crianças que, dessa forma, se familiarizam com o que há de bom em nosso imenso baú cultural.
Que venham outras noitadas !!!












 
Fonte/Fotos: <amazôni@contece>/z fioravante
Leia Mais ►

HELDER BARBALHO, CANDIDATO AO GOVERNO DO PARÁ, VISITA FARO NESTA QUARTA FEIRA, 03 DE SETEMBRO.



O candidato Helder Barbalho (PMDB) faz campanha em Faro-PA nesta quarta feira, 03; ele será recebido por simpatizantes de sua candidatura às 12h30 no campo de futebol “Barbosão”, no centro da cidade (ele viaja de helicóptero).

Nas três horas em que permanece na sede do município, participa de carreata e reunião.

O candidato e sua comitiva partem às 15h30 rumo a Juruti, onde participa de mais uma carreata e comício, lá permanecendo até às 17h30. De avião, segue para Oriximiná, aonde chega às 18 horas, para cumprir mais compromissos: carreata, seguida de comício.

Antes de sua chagada a Faro, ele já haveria visitado, nesse mesmo dia 03, Alenquer e Curuá, segundo sua agenda. Todos os municipios a serem visitados nesse dia situam-se na região oeste do estado do Pará.

Segundo informações, o candidato deve ser recepcionado, em Faro, pelos empresários Josué Vieira de Abreu e Jady Viana, além de correligionários e simpatizantes.



Fonte/Foto: <amazôni@contece>/Arquivo
Leia Mais ►

FILHO DE RENAN LIDERA PESQUISAS EM ALAGOAS, E O DE JADER BARBALHO, NO PARÁ



Renan Filho e Helder Barbalho (foto acima) lideram pesquisa aos governos de seus estados
Além dos sete estados em que o atual governador ou seu grupo político corre o risco de ser desbancado por candidatos que já ocuparam o cargo anteriormente, em outros dois a possível mudança significaria a volta de dinastias políticas locais. Na primeira situação enquadram-se o Amapá, com Waldez Góes (PDT); o Amazonas, com Eduardo Braga (PMDB); o Piauí, com Wellington Dias (PT); Roraima, com Neudo Campos (PP); e Bahia, com Paulo Souto (DEM) — que governaram seus estados por dois mandatos. Também estão nesse cenário o Rio, com Anthony Garotinho (PR); e o Distrito Federal, com José Roberto Arruda (PR).
O segundo caso — o retorno de representantes de caciques políticos — é a realidade em Alagoas e no Pará. No primeiro deles, as pesquisas de intenção de voto dão o primeiro lugar para Renan Filho (PMDB), filho do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), e que tem em sua chapa o senador Fernando Collor (PTB) disputando a reeleição. No caso do Pará, o atual governador e candidato à reeleição, Simão Jatene (PSDB), está empatado com Helder Barbalho (PMDB), filho do senador Jader Barbalho (PMDB). No Amapá, Waldez Góes acumula as duas categorias: é ex-governador e pertence ao grupo político do senador José Sarney (PMDB-AP).
Em Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), que lidera as pesquisas, não é exatamente uma novidade, pelo menos para a população da capital, Belo Horizonte, onde foi prefeito. No início da campanha, a expectativa era a de que a candidatura de Aécio Neves (PSDB), ex-governador de Minas, à Presidência da República, alavancasse, em seu berço político, o candidato tucano ao governo do estado, Pimenta da Veiga. O candidato do PT a governador, no entanto, está com 37%, e Pimental da Veiga, com 23%.
Entre os governadores que nadam contra a corrente da mudança está o de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que lidera com folga as pesquisas. Segundo o Ibope da última terça-feira, o tucano tem 50%. Em segundo lugar, está Paulo Skaf (PMDB), com 20%. O PSDB comanda o estado de São Paulo há 20 anos.
Para o cientista político Claudio Couto, da FGV, esse fenômeno poderia ser explicado porque as manifestações de junho se concentraram na capital paulista e na Região Metropolitana, não atingindo o interior.
O Acre também está entre as exceções. Lá, o PT está no comando desde 1999, e o governador petista, Tião Viana, candidato à reeleição, lidera as pesquisas com 46%. O segundo colocado é Márcio Bittar (PSDB), com 19%.
Fonte: Fernanda Krakovics/O Globo
Leia Mais ►

FAÇA ISSO VOCÊ TAMBÉM !!!

... E TAMBÉM OS ANIMAIS !!!

Leia Mais ►

NO AM, CONCURSO DA SEDUC REGISTRA 18,9% DE FALTOSOS, DIZ ORGANIZAÇÃO



Ao todo, concurso teve 75.758 inscritos concorrendo a 7.043 vagas.
Gabaritos serão divulgados na terça; veja número de candidatos por vagas.
Realizado neste domingo (31), o concurso da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que oferece 7.043 vagas, registrou um total de 18,9% de faltosos, número considerado dentro do esperado pela comissão organizadora. Ao todo, foram 75.758 inscritos e o concurso ocorreu dentro da normalidade, segundo a organização. Os gabaritos serão divulgados na próxima terça-feira (2), no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
O concurso oferece vagas para cursos de níveis Fundamental, Médio e Superior. As provas foram aplicadas simultaneamente nos 62 municípios do Amazonas. Para os candidatos que pleitearam vagas para cargos de nível Médio as avaliações aconteceram no período da manhã, às 8h. Já os que buscaram vagas para cargos de níveis Fundamental e Superior, as provas tiveram início às 15h.
Aqueles que pleiteiam vagas para a função de merendeiro (nível Fundamental) devem lembrar que além da prova objetiva deste domingo ocorrerão provas práticas, que serão realizadas entre os dias 25 de outubro e 2 de novembro deste ano.
Ao todo são  5.119 vagas para a função de professor, 826 vagas para pedagogo, 785 para o cargo de merendeiro, 85 para assistentes técnicos, 60 para assistentes sociais, 52 para psicólogo, 52 para bibliotecário, 50 para nutricionista, 21 para engenheiro, cinco vagas para contador, 3 para fonoaudiólogo e ainda duas para estatístico.
Percentual de concorrência
A partir do percentual total de inscritos, a Seduc notificou que a maior concorrência para esta edição de seu concurso público foi registrada para a função de assistente técnico (138,4 candidatos por vaga), seguido pela demanda para cargo de assistente social (49,9 candidatos por vaga), contador (49,8 por vaga) e fonoaudiólogo (48,6 por vaga).
Foram amplamente requisitadas, também, vagas para o cargo de merendeiro (32,2 candidatos por vaga), engenheiro mecânico (26,5 por vaga), psicólogo (19,9 por vaga), engenheiro elétrico (19,2 por vaga), pedagogo 40h (16,9 por vaga), engenheiro civil (13,6 por vaga) e nutricionista (12,2 por vaga). Para o cargo de professor o percentual varia de acordo com as modalidades de ensino.
Fonte/Foto: G1 AM

Leia Mais ►