terça-feira, 28 de junho de 2016

IMPONENTE AMAZÔNIA ...

Foto: Jair Costa Martins

Leia Mais ►

CHIMBINHA ASSUME RELACIONAMENTO AMOROSO COM PIVÔ DE SUA SEPARAÇÃO COM JOELMA




Segundo o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, o músico deu uma festa junina no condomínio onde mora e Karen Kethlen Fernandes da Silva esteve por lá
Chimbinha e Karen Kethlen Fernandes da Silva, que foi a grande pivô de sua separação com Joelma em setembro do ano passado, não escondem mais que estão vivendo dias de puro romance. Segundo o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, o músico deu uma festa junina no condomínio onde mora e ela esteve por lá.
Ainda de acordo com a publicação, Chimbinha dividia a casa com cantoras que trabalhavam com ele. Mas, por exigência de Karen, ele ordenou que elas deixassem o imóvel.
O jornalista ainda diz que Chimbinha não tem contato com Yasmin, fruto de seu casamento com Joelma. É a jovem que liga para o pai, se sente saudades dele.

Fonte/Foto: R7/Divugação
Leia Mais ►

PARÁ: MENINA VOLTA ATRÁS EM DEPOIMENTO E DIZ QUE NÃO FOI ESTUPRADA PELO JOGADOR JOBSON


Jobson foi preso no municipio de Redenção, no Pará, acusado de estupro de quatro adolescentes

Uma das adolescentes que, segundo a Polícia Civil do Estado do Pará, teria sido estuprada pelo jogador Jobson, prestou novo depoimento às autoridades policiais e negou que tenha mantido relações sexuais com o atleta.
De acordo com a nova versão da adolescente de 13 anos, segundo informações da Secretaria de Segurança do Pará, a jovem esteve presente em uma festa organizada por Jobson em uma fazenda de sua propriedade no Estado do Tocantins, mas não fez sexo com ninguém, e teria dito o contrário na delegacia por "pressão de amigas e do ambiente".
O atacante Jobson foi preso no último dia 23 acusado de estuprar quatro adolescentes. Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Jobson não ofereceu resistência à prisão, ocorrida em sua chácara na cidade de Couto Magalhães, no oeste de Tocantins. O jogador, de 28 anos, (que está suspenso do futebol até 2019) é investigado também por ter supostamente estuprado ainda uma quinta jovem, a polícia ainda apura as circunstâncias deste episódio.
Duas das quatro jovens que estavam na festa foram submetidas a exames periciais, cujos resultados apresentaram indícios de relação sexual. Elas estariam inconscientes quando as relações ocorreram.
As outras duas adolescentes confirmaram também as relações, mas alegaram, em depoimento, que consentiram com o ato. Afirmaram, porém, que estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes colocadas na bebida.
Ainda que não estivessem inconscientes, manter relações sexuais com menores de 14 anos é considerado crime de "estupro presumido" no Brasil. Pela lei penal brasileira, uma pessoa menor de 14 anos não possui o discernimento necessário para decidir manter uma relação sexual. Assim, ainda que ela faça sexo consensual com alguém maior de idade, tal ato é considerado estupro.
De acordo com a Polícia Civil do Pará, o novo depoimento de uma das jovens não deverá alterar a situação criminal do atacante, que segue preso preventivamente. Isso porque há exames científicos que confirmam a relação sexual. Falta identificar se foi Jobson quem praticou o ato, como já chegaram a contar as adolescentes.
O atacante, por sua vez, diz que é inocente. "A minha chácara é uma chácara de família, minha mãe inclusive está lá. Isso é uma acusação ridícula. Em nenhum momento tive relação com essas meninas. Quero exames, vamos fazer exames", declarou o atleta, em entrevista divulgada neste domingo pelo programa "Fantástico", da Rede Globo.
"Para mim, está sendo uma palhaçada isso aí. Quando você faz alguma coisa (errada), você esconde a cara, cobre a cara com um pano. Minha cara está aqui, eu não fiz isso", completou.
A emissora entrevistou também uma das adolescentes que acusa Jóbson de estupro. A jovem afirmou que a chácara do atleta, com passagens por Botafogo, Bahia, Grêmio Barueri e São Caetano, era ponto de encontro para relações sexuais e consumo de bebidas alcoólicas, inclusive envolvendo menores de idade.
"Na chácara, acontecia que a gente ia para lá, bebia e rolava orgia", diz a adolescente, que diz ter tido imagens de relações sexuais divulgadas por telefone celular. "Foi do celular dele. Até hoje estou desesperada - minha família, minha mãe. Na escola, onde eu vou, tem piadinha", declarou.

Fonte/Foto: Bruno Thadeu e Vinícius Segalla – UOL SP/Reprodução Internet

Leia Mais ►

AGENDE AÍ ... DIA 10 DE JULHO


Leia Mais ►

A BÍBLIA ... A TERRA


Leia Mais ►

TURISMO ECOLÓGICO: TERRA SANTA, NO OESTE DO PARÁ, TEM NATUREZA PARADISÍACA!




Cercado de praias, lagos e paisagens amazônicas, o Lago do Algodoal banha também Terra Santa, uma cidade privilegiada com todas essas belezas naturais, que um dia foi habitada pelos índios da tribo Babuís. 
O lago do Algodoal, chamado assim por causa dos ventos fortes e constantes que chegam a produzir ondas que  alguns momentos lembram plumas de algodão ao vento, banha a cidade de Terra Santa, que está localizada no Oeste do Pará. Em uma região diferente, em que tudo é muito bem preservado, o destaques sem dúvida entre tantas belezas é a Praia do Cajual, praia de areia branca e fina com árvores que enfeitam o cenário paradisíaco do local. Neste cenário de beleza nativa, acontece o "Festival do Cajual" um dos mais concorridos eventos do Baixo Amazonas.
A vista que se descortina diante desse cenário natural amazônico, muda durante o verão descobrindo dunas que são percebidas de longa distância, que facilita a observação de pássaros de espécies diferentes em cor e beleza.
Existe também a Praia do Sai de Baixo que além de muito bela, possui um Clube do mesmo nome, onde se pode dançar e depois dar um mergulho delicioso nas águas dos Lago Algodoal.  O nome da cidade de Terra Santa se originou de "Ponta Santa", que designou à uma ponta de pedras em frente a cidade, onde os índios da tribo babuís, se reuniam para a prática de rituais religiosos, mas hoje é uma linda praia com o nome Ponta de Pedras, para chegar lá, basta descer as escadaria da praça Santa Isabel para se deliciar das águas límpidas e cristalinas do Lago do Algodoal. 





Fonte/Fotos:  VIA AMAZÔNIA

Leia Mais ►

PARCERIA LEVA INTERCÂMBIO DE CONHECIMENTO A JURUTI-PA




Alcoa, Conservação Internacional e Prefeitura de Juruti debatem experiências sobre meio ambiente, ordenamento territorial e cultura amazônica em programação que inclui lançamento de livro e mostras de filmes.
Nesta terça-feira (28), Ronaldo Barcelos, autor da coleção “Guerreiros da Amazônia” realiza o lançamento e autografa seus livros como parte da programação do “Intercâmbio de Conhecimento” promovido pela Prefeitura de Juruti, Conservação Internacional e Alcoa no município de Juruti, no oeste paraense. O evento abordará temas como meio ambiente, ordenamento territorial e cultura amazônica por meio de palestras, oficinas de pintura e mostra de filmes. No encontro, o escritor, que é natural do Rio de Janeiro, compartilhará a experiência de escrever sobre a Amazônia, em particular para o público infanto-juvenil. A iniciativa integra as ações do Plano Estratégico de Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade de Juruti, financiado pela Alcoa Foundation.
Durante o evento, serão sorteados exemplares da coleção Guerreiros da Amazônia, que retrata a saga de super-heróis que têm a missão de salvar a floresta amazônica. A série estreou, em 2000, inicialmente na plataforma digital, com 21 episódios e dez games. Em 2002, começou a produção literária com uma ampla pesquisa do autor Ronaldo Barcelos, que contou com o apoio de consultores ambientais e educacionais. Todo esse trabalho faz parte do projeto Amazon, que desenvolve ações educacionais e culturais junto a crianças, adolescentes e jovens, com o objetivo de estimular o conhecimento sobre a vida na floresta e sua importância para a sustentabilidade do planeta.
Fábio Abdala, gerente de Sustentabilidade da Alcoa, destaca a relevância da iniciativa. “Atividades como esta, com foco em educação ambiental, são importantes para que as pessoas conheçam o valor da biodiversidade para qualidade de vida do município. Quem conhece, protege e usa de forma responsável os recursos naturais, e esse intercâmbio de conhecimentos integra nossa estratégia de conservação e uso sustentável da biodiversidade de Juruti, um trabalho de parceria que vem sendo apoiado pela Alcoa Foundation”, ressalta.
Junio Vasques, técnico da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão de Juruti, acredita que o evento contribuirá para que as ações de sustentabilidade do município tenham maior visibilidade. “O Intercâmbio de Conhecimento é bastante importante para Juruti, que é um município de destaque no Estado do Pará sobre vários aspectos, inclusive ambiental. Um evento desses coloca a cidade em evidência, pois muitos municípios brasileiros gostariam de recebê-lo”, declara.
A coordenadora de Projetos da Conservação Internacional, Ellen Acioli, afirma que o encontro em Juruti busca despertar a interação entre diferentes públicos. “O evento será um espaço para que entes públicos e privados troquem informações sobre suas ações no município. A ideia é ampliar os espaços para discussões mais frequentes sobre a diversidade de temas da região amazônica”, diz.

Serviço: “Intercâmbio de Conhecimento”, dia 28 de junho, das 8h às 21h, na Escola Municipal Zelinda de Souza Guimarães (Juruti/PA). 

Fonte/Imagem: Fabiana Gomes
Analista de Comunicação | Communication Analyst I Temple Comunicação

Leia Mais ►

OPORTUNIDADE/MARINHA: INSCRIÇÕES ABERTAS PARA EDUCAÇÃO FÍSICA, ENGENHARIA E CIÊNCIAS NÁUTICAS




Desde esta segunda-feira, 27 de junho, a Marinha do Brasil recebe inscrições no Concurso Público para Oficial do Quadro Complementar do Corpo da Armada e do Corpo de Fuzileiros Navais (QC-CA/FN), com oferta de 44 vagas em Ciências Náuticas, diversas áreas da Engenharia e Educação Física. Para participar, é preciso ser brasileiro nato, ter menos de 29 anos no dia 1º de janeiro de 2017 e ser do sexo masculino.
Os interessados devem acessar o site www.ingressonamarinha.mar.mil.br para fazer a inscrição ou comparecer a uma das Organizações Militares da Marinha, nos dias úteis, das 8h30 às 16h. A taxa é de R$70.
O Concurso será feito por meio de prova objetiva com 50 questões de Conhecimentos Profissionais e uma Redação. Serão corrigidas as Redações dos candidatos com as maiores notas até o limite do número de três vezes ao das vagas estabelecidas, considerando-se os empates na última posição. Após isso, os concorrentes passarão ainda por Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física, Verificação de Dados Biográficos, Verificação de Documentos e Avaliação Psicológica.
Os aprovados farão o Curso de Formação de Oficiais (CFO) no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro.
Serviço
Concurso Público de nível superior – Quadro Complementar do Corpo da Armada e Corpo de Fuzileiros Navais (QC-CA/FN)
Informações à imprensa: hamilda@densm.mar.mil.br
Site: www.ingressonamarinha.mar.mil.br
Fan Page: www.facebook.com/ingressonamarinha

Fonte:



Leia Mais ►