sexta-feira, 28 de agosto de 2015

BOA NOITE !!!

Foto> Marcelo Pereira

Leia Mais ►

BOA FORMA: COMO COMER FORA DE CASA E MANTER A DIETA




Recusar os convites dos amigos de ir comer fora porque está de dieta é uma situação frequente de quem está tentando se manter em forma. Porém, com as novas tendências de refeições saudáveis oferecidas pelos restaurantes de Manaus, esse sacrifício não é mais necessário.
"A situação é mais comum do que você imagina e, o pior de tudo, é que ela pode arruinar o esforço realizado por semanas", afirma a nutricionista Socorro de Jesus, responsável pelo cardápio da Mariposa Creperia. Segundo ela, não é só o exagero à mesa que embrulha o estômago. A culpa por ter saído da linha também pode afetar o emagrecimento. "Muita gente se sente tão mal pelo erro, que acaba perdendo a motivação e deixa a dieta de lado".
Uma ótima dica dada pela nutricionista é olhar bem o cardápio antes. Essa consulta pode ajudar, e muito, sua dieta. Dá para pensar em combinações de saladas e incrementar uma entrada, transformando em prato principal. “Aposte nos itens integrais, saladas e proteínas magras”, explica Socorro.
Como opção para essas ocasiões, a Creperia Mariposa aposta em um cardápio recheado de alimentos saudáveis como pizzas e crepes e até mesmo sushis integrais, tanto no almoço como no jantar.

Fonte/Foto: William Pereira
Leia Mais ►

PROTOCOLO OFICIALIZA CRIAÇÃO DO DISTRITO INDUSTRIAL DE SANTARÉM-PA


Olavo Neves, número 1 da Codec

A Codec (Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará), Sedeme (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e a Prefeitura de Santarém oficializaram hoje (28) um protocolo de intenções para a implantação do distrito industrial em Santarém.
Pelo acordo firmado entre as partes, a Codec irá administrar as áreas industriais que fazem parte do DI, definindo prioridades na implantação de indústrias novas, de acordo com os critérios estabelecidos pelo governo estadual e a prefeitura, entre outras ações.
O DI, conforme destaca o protocolo, é uma forma de fomentar o processo de crescimento econômico do Pará, e promover o desenvolvimento de Santarém.

Fonte/Foto: Jeso Carneiro
Leia Mais ►

NATUREZA SURPREENDENTE ...

Foto> facebook de Carolina Gerrits

Leia Mais ►

ISRAEL PAULAIN É INTIMADO A COMPARECER A AUDIÊNCIA




O cantor e apresentador do boi Garantido, Israel Paulain, terá que comparecer no dia 16 de dezembro às 9h da manhã na 3ª Vara do Juizado Especial Cível, Comarca de Manaus, para uma audiência de conciliação. Israel recebeu carta de intimação do juiz de Direito Onildo Santana de Brito após ter feito críticas à empresa Tucunaré Turismo em publicação em sua Fan Page de uma Rede Social, como forma de repúdio aos Serviços Prestados pela empresa Tucunaré Turismo.

De acordo com o site Cultura Amazônica, Israel Paulain, um dos mais importantes ícones do Boi Garantido, e assim como torcedores, visitantes, turistas e imprensa, também foi desrespeitado por funcionários pela Tucunaré Turismo e também expressaram sua insatisfação nas Redes Sociais.

Imediatamente após sua postagem, em apenas uma das redes sociais, quase 250 comentários reafirmaram o posicionamento do apresentador, mais de 1.200 curtidas avalizaram seus questionamentos e 65 compartilhamentos que mostraram a insatisfação com a empresa prestadora de Serviços.

Independentemente de cor, torcedores dos Bois Garantido e Caprichoso, amantes do Boi Bumbá criaram a Hashtag #foratucunaré, que evidenciou a imensurável insatisfação com a empresa prestadora de Serviços ao Festival Folclórico de Parintins, contratada pela Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas – SEC.

A empresa requerente, em um dos trechos de sua Petição Inicial afirma acerca deste fato: “… a empresa Tucunaré Turismo viu sua reputação repentinamente sendo abalada, apesar de ter promovido um Festival Folclórico impecável.”

Ainda requereu que o processo tramitasse em Segredo de Justiça para “evitar maiores constrangimentos em desfavor da autora”.

Israel Paulain já se posicionou nas redes sociais onde esclarece: “Não satisfeita com a falta de respeito a mim, aos artistas (itens) e torcedores de todo o Brasil e do mundo que vem prestigiar nosso Folclore, agora a Tucunaré Turismo quer tirar a minha LIBERDADE DE EXPRESSÃO, direito constitucional que me assiste. Não vai me Calar e irei até o fim em nome do respeito a todos que verdadeiramente amam o Festival Folclórico de Parintins.”

O apresentador do boi Garantido recebeu apoio dos internautas nas redes sociais. Nailson Silva faz a seguinte: “Quer dizer que devemos aceitar o mau tratamento da tal empresa? Ele apoia a iniciativa de Israel Paulian. “Bote pra cima mesmo, estamos com você”.

Claudia Rodrigues também engrossa o coro de apoio a Paulain. “Com certeza, também nunca concordei com essa Tucunaré Turismo que quer ser a dona do Festival Folclórico de Parintins”.

Alexander Cavalcante ainda dá uma dica. “Tem como ganhar indenização da Tucunaré, se souber implementar defesa de modo a tornar essa demanda em ação dúplice”.

Tereza Cristina Abrahão, representante da Tucunaré Turismo, por telefonema disse que não tinha nada a comentar sobre o fato.



Fonte/Foto: Repórter Parintins/Igor de Souza



Leia Mais ►

AGENDA: AMANHÃ, EM NHAMUNDÁ-AM ...


Leia Mais ►

COMISSIONADOS E TEMPORÁRIOS SÃO QUASE 40% DOS SERVIDORES EM MUNICÍPIOS DO AM



Trabalhadores foram admitidos sem concurso público por prefeituras do interior do Estado
Manaus - Os servidores comissionados e temporários, contratados sem concurso público, representam 38,6% do total do funcionalismo público municipal nas 62 cidades do Amazonas, de acordo com dados divulgados na última quarta-feira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no estudo ‘Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros’. Na estrutura do Estado, 24,3% dos servidores são comissionados ou temporários.
O Amazonas possui 212 mil servidores públicos, sendo 125 mil das prefeituras municipais e 87 mil do governo do Estado, segundo os dados levantados pelo IBGE, referentes ao ano de 2014. Nos 62 municípios,  9.919 são servidores comissionados e 38.374 representam o número de servidores temporários. O governo do Estado possui 21.271 servidores, sendo 4.421 comissionados e 16.850 temporários.
Entre os 62 municípios do Estado, 11 se destacam por terem mais de 60% de seus quadros de servidores compostos por comissionados e temporários, bem acima do número de servidores contratados após prestarem algum tipo de concurso público.
O município de Uarini possui 92,3% dos seus servidores sendo comissionados ou temporários. Em Uarini, são 1.319 servidores no total, sendo 73 comissionados e 1.145temporários. Este é o município que possui o maior número de servidores comissionados e temporários.
Atalaia do Norte fica em segundo, com 87,6% do seu quadro de servidores composto por comissionados e temporários. O município possui 974 servidores no total, sendo 31 comissionados e 823 temporários. Na terceira posição, está o município de Parintins, com 77,6%, que possui 4.303 servidores na prefeitura. Os servidores comissionados de Parintins somam 259 e os temporários chegam a 3.084.
Nova Olinda do Norte possui 77% do quadro de servidores compostos por comissionados e temporários. Na sequência da lista dos municípios com  percentual alto de servidores comissionados e temporários. Está na quinta posição o município de São Gabriel da Cachoeira, com 73,2%.
O município de Ipixuna possui 71,8%, seguido do município de Barreirinha, com 69,4%. Depois vem Tabatinga com 68,1% do quadro de servidores sendo composto por comissionados e temporários. Lábrea tem 66,7% do seu quadro de pessoal formado por comissionados e temporários. Encerrando a lista, estão os municípios de Itapiranga, com 64,3% e Itamarati, com 61,6%, fechando o ranking dos 11 municípios que possuem mais de 60% de seu quadro de servidores sendo preenchidos por comissionados e temporários.
A capital do Estado, Manaus, tem 28,9% dos seus servidores sendo comissionados ou temporários num total de 36.089 servidores, dos quais, 1.582 são comissionados e 8.585 são temporários.
Menores índices
Os municípios do Amazonas com os menores percentuais nos seus quadros de servidores sendo compostos por funcionários contratados por comissão ou temporários são: Santa Isabel do Rio Negro, com 3,8%; Pauini, com 3,9%; Jutaí, com 5,3%; Fonte Boa, com 6,61%; e Tefé, com 11,7% do seu quadro de servidores sendo compostos por comissionados ou servidores temporários.

Fonte/Foto: Geraldo Farias - Diário do Amazonas / portal@d24am.com

Leia Mais ►

ACONTECEU: TORRE DE PESQUISA MAIS ALTA DO MUNDO FOI INAUGURADA NO AMAZONAS



Torre tem 325m e vai coletar informações sobre a atmosfera e a floresta.
Segundo ministro, custo operacional por ano chegará a R$ 2 milhões.
Após um ano em construção, a maior torre de monitoramento do mundo foi inaugurada no sábado (22), na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, no município de São Sebastião do Uatumã, a 247 quilômetros de Manaus. A obra custou cerca de 8,4 milhões de euros e foi custeada pelo Brasil e Alemanha.
A Torre ATTO (sigla em inglês para Torre Alta de Observação da Amazônia), que possui 325 metros -  equivalente a um prédio de 80 andares - vai coletar dados sobre as manifestações atmosféricas para estudos referentes à interação entre a vegetação e atmosfera. Apesar de dar início à coleta de dados, a previsão é que somente em 2017 esteja totalmente equipada.
O ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, participou da cerimônia de inauguração e declarou à Rede Amazônica que a torre é uma “grande conquista para a área de ciência”.
“Os dados serão coletados com zero de interferência humana. Os pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e do Instituto Max Planck terão material novo para interpretar sobre como interagem o clima e a floresta e vão poder compartilhar essas informações com profissionais de outros países”, destacou.
Segundo o ministro, a torre estará completamente equipada em 2017, mas já dispõe dos recursos para se tornar operante. Por ano, o custo operacional chegará a R$ 2 milhões. “Ela já começa a funcionar e a coletar dados e vamos assegurar que tenha os recursos necessários até 2017. O investimento maior já foi feito. O custo por ano é um número ao alcance dos orçamentos do Brasil e da Alemanha”, informou.  
A obra custou cerca de 8,4 milhões de euros. O projeto foi financiado pelo Ministério Federal de Educação e Pesquisa (BMBF) da Alemanha, pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) do Brasil.

Fonte/Foto: g1.globo.com/Fernanda Farias
Leia Mais ►