domingo, 30 de abril de 2017

NHAMUNDÁ, A ILHA BELA DO AMAZONAS!!!


SEM DINHEIRO NO FERIADÃO, BRADESCO DEIXA CLIENTES REVOLTADOS, EM PARINTINS-AM




Este final do mês Estado e Prefeitura pagaram servidores, que não puderam fazer saques
Sem dinheiro no feriadão, Bradesco deixa clientes revoltados, em Parintins Em Parintins, clientes disseram que está virando rotina os terminais ficarem desabastecidos nos finais de semana.
Por essa ninguém esperava. O Bradesco está sem dinheiro. Sem dinheiro, em Parintins ( a 325 quilômetros de Manaus), para pagar servidores do Estado e do município. Este fim de mês Estado e Prefeitura pagaram seus funcionários, mas quem se dirigiu aos terminais da agência local e de pontos do Bradesco na cidade para saques quebrou a cara. O sistema não funcionava para esta finalidade porque os terminais estavam sem cédulas, o que deixou os clientes revoltados.
Como segunda-feira (01) é dia do trabalhador, a estimativa é que os clientes fiquem nesta situação todo este feriadão. Ou seja até terça-feira (02).
O Bradesco é patrocinador do Festival de Parintins. Neste domingo (30) o Garantido realiza sua tradicional Alvorada, a maior manifestação cultural da cidade. O evento recebe turistas de vários lugares do país. Todo esse pessoal também será penalizado, devido a agencia não dispor de dinheiro para o saque em nenhum terminal.
Nas redes sociais reclamação foi geral. Clientes disseram que está virando rotina os terminais ficarem desabastecidos nos finais de semana.
A reportagem do Portal DeAMAZÔNIA não conseguiu falar com o gerente do Bradesco, em Parintins, Vicente de Almeida Junior.  Também entramos em contato com a diretoria do Bradesco, em Manaus, que não retornou as mensagens enviadas por whatsApp.     

Fonte/Foto: Portal DeAmazônia

COPA ALVORADA: FARO CONQUISTA TÍTULO INÉDITO




O pontapé inicial para a grande final da XX edição da Copa Alvorada de Futsal, do naipe masculino, entre as equipes de Faro e Atlético Nhamundá foi dado pelo prefeito Bi Garcia e pelo vice Tony Medeiros.
Quem compareceu ao ginásio Elias Assayag na noite de sexta-feira, 28, prestigiou um jogo emocionante e de forte marcação, além da entrega por parte dos atletas na busca pelo gol e pelo título de campeão 2017.
Em jogo único, com jogadas disputadas lance a lance e com o apoio de um ginásio lotado, o confronto foi decidido em detalhes, prevalecendo no final a experiência do time de Faro, que venceu a partida pelo placar de 2 a 1, com dois gols do pivô Carlinhos, conquistando pela primeira vez o título de campeão da Copa Alvorada de Futsal.
Para o artilheiro da noite Carlinho, (foto ao lado) “Graças a Deus deu tudo certo, parabenizo a todos os jogadores nhamundaenses a qual eu já fui campeão pela excelente partida. Estou muito feliz de ter feito os gols e conquistado mais um título, dessa vez pela equipe de Faro”. Na disputa de 3º lugar, deu The Red Devils de Barreirinha que venceu o Perebas Futsal também por 2 a 1.
Nas Penalidades:
Real Santistas bicampeã: Com o empate em 0 a 0 no tempo normal, o título da XX edição da Copa Alvorada do naipe feminino, entre Real Santistas e Corinthianas, foi decidido nos pênaltis. Nas penalidades a Real Santistas venceu por 3 a 1 e sagrou-se bicampeã da Copa Alvorada de Futsal com gols de Raquel, Luciana e da goleira Sônia que saiu do banco de reservas e virou heroína da conquista do título 2017, defendendo também uma das penalidades. “Estou muito feliz. Estava no banco e foi escolhida para defender as penalidades. Graças a Deus deu tudo certo, defendi uma das penalidades e fiz o gol que deu o título de campeão para esse time que merece ser campeão, por tudo que passamos para chegar até mais essa conquista”, frisou a goleira Sônia.
O selecionado da Real Santistas foi bicampeã com o futsal de Sônia Garcia, Darliane Carvalho, Raquel Valente, Julinelza Ribeiro, Elizete Souza, Liliane Souza, Lediana Marques, Luciana Tavares, Patrícia Jacaúna, Raiana Souza, Amanda Campos e Maiara Soares, além da comissão técnica formada por Jane Portinho e Tarcísio Pontes, com apoio do presidente do clube, Bosco Santos. ” Mais uma vez eu só tenho a agradecer, as atletas, a comissão técnica, aos patrocinadores, em especial ao prefeito Bi Garcia, por acreditar junto comigo nessas meninas”, destacou Bosco Santos. Nesse naipe, o time de Faro derrotou a equipe do PEC Parintins pelo placar de 4 a 3 e ficou com a terceira colocação no campeonato. A jogadora santista Elizete por ter feito 10 gols, recebeu o troféu de artilheira da competição.
Anny Santos coroada rainha

Além dos grandes jogos, a noite de sexta-feira, 28, também foi destacada pela cerimônia de coroação de Anny Souza, 19, representante da equipe do Perebas Futsal, eleita na terça-feira, 23, Rainha da Copa Alvorada desse ano. Sobre o momento marcante, Anny Santos comenta que “estou muito feliz. Esse é um momento único e agradeço a todas as pessoas que me ajudaram e confiaram em mim, principalmente aos meus amigos, minha família e o time do Perebas Futsal. A entrega da coroa e a faixa de rainha foi entregue pela Rainha da Copa Alvorada do ano passado Emily Vitória. Além da coroa e a faixa de rainha, a nova majestade do torneio esportivo, recebeu R$ 1.000,00 (mil reais) de premiação.

Fonte/Fotos: Kedson Silva – O Jornal da Ilha



CANTOR JÚNIOR, DA JÚNIOR & BANDA, É MORTO A TIROS NA FRENTE DE HOTEL NO INTERIOR DO AMAZONAS




Melvino de Jesus Júnior era vocalista do grupo Júnior e Banda; três outras pessoas foram baleadas.
O cantor Melvino de Jesus Júnior, da banda Júnior e Banda, foi morto a tiros no município de Codajás, a 240 km de Manaus, na noite de sábado (29). De acordo com testemunhas, ele chegava a um hotel quando foi abordado por um homem armado, que atirou e fugiu sem ser identificado. O cantor morreu no local. Outras três pessoas foram baleadas.
Segundo informações do comandante do policiamento de Codajás, sargento PM Costa, o crime ocorreu por volta das 23h20. " A Polícia Militar foi acionada para atender uma de homicídio ocorrida em frente a um hotel do município. No local, quatro pessoas foram alvejadas com tiros disparados por um suspeito não identificado até o momento", diz trecho de nota enviada ao G1.
Ainda segundo a PM, o cantor Junior morreu no local. "As outras três vítimas, que não tiveram os nomes revelados, foram conduzidas de lancha até a cidade Manaus para receber atendimento médico e não correm risco de morte", cita a nota da PM.
O corpo do cantor deverá ser encaminhado para Manaus. Ainda não há informações atualizadas sobre o estado de saúde das outras vítimas.
Melvino também foi intérprete na banda "Os Embaixadores", era conhecido pelo público por cantar ritmos como swinguera e axé. Além de músico, ele também atuava como dentista em Manaus.
O G1 não conseguiu contato com a delegacia do município e aguarda a divulgação de mais detalhes do caso pela assessoria de imprensa da Polícia Civil.

Fonte/Foto: G1 AM/Reprodução facebook

NO EMBALO DA REDE, NO VER-O-PESO, BELÉM DO PARÁ

Foto: Fernando Sette, Expedição Pará

ARTIGO DEDOMINGO: O PAQUIDERME NACIONAL



- por Lúcio Flávio Pinto (*)

Em 2002, último dos oito anos de Fernando Henrique Cardoso como presidente da república, os gastos com pessoal do serviço público (da União, Estados e municípios) absorveram 13,35% do Produto Interno Bruto, a soma de todas as riquezas do país.
Treze anos depois, no último dado disponível, de 2015 o funcionalismo público absorvia 15,31% do PIB. É integrado por 13,4 milhões de pessoas, que representam 6,53% da população brasileira.
Nesse período houve um crescimento real da folha dos governos de 14,68% em relação ao PIB. Para manter o pagamento desses servidores, os governos dos três entes federativos precisaram comprometer quase metade de toda a pesada carga tributária nacional (em números exatos: 46,88%), que cresceu 32,66%. O crescimento real do PIB corrente nesse período foi de 37,80%, proporcionando um ganho real de 58%, acima da inflação.
Ou seja: mesmo a receita tributária e o PIB aumentando mais do que a inflação, a burocracia oficial avançou ainda mais sobre a riqueza do país, mais do que qualquer outro setor da sociedade. O “aparelho de Estado” se tornou um dos mais graves desafios não só ao equilíbrio das contas públicas, mas à partilha social e à própria democracia.
Em conluio com empresários predadores e uma elite mesquinha, causa um enorme dano à nação. E a mantém submetida a palavras de ordem e jargões de uma linguagem progressista, que escamoteiam o significado mais profundo da realidade. Melhor repetir lições de catecismo do que se esforçar para entender o paciente e dar-lhe o tratamento adequado.

 
(*) Lúcio Flávio Pinto é jornalista profissional desde 1966. Percorreu as redações de algumas das principais publicações da imprensa brasileira. Durante 18 anos foi repórter em O Estado de S. Paulo. Em 1988 deixou a grande imprensa. Dedicou-se ao Jornal Pessoal, newsletter quinzenal que escreve sozinho desde 1987, baseada em Belém.
No jornalismo, recebeu quatro prêmios Esso e dois Fenaj, da Federação Nacional dos Jornalistas. Por seu trabalho em defesa da verdade e contra as injustiças sociais, recebeu em Roma, em 1997, o prêmio Colombe d’oro per La Pace e, em 2005, o prêmio anual do CPJ (Comittee for Jornalists Protection), de Nova York.

MISSÃO DA CAPITANIA FLUVIAL DE SANTARÉM DESPEDIU-SE DE FARO-PA NA SEXTA 28



Foto oficial da cerimônia de entrega de Carteiras de Habilitação Fluvial, com a prefeita Jade ao centro.

Após realizarem durante a semana de 24 a 28 de abril, palestras nas escolas e curso de habilitação para aquaviários, os membros da CFS despediram-se de Faro participando na sexta feira 28, pela manhã, da sessão ordinária da Câmara Municipal, quando os vereadores agradeceram suas ações no município.  Na sequencia, no salão de festas da Paróquia de São João Batista, aconteceu a cerimônia de entrega da Carteira de Habilitação aos trinta participantes do Curso de Formação de Marinheiro Fluvial Auxiliar de Convés e de Máquinas ministrado por eles.

Presentes a essa cerimônia, compuseram a Mesa a prefeita municipal Jade Abreu, seu esposo Josué David, o vice prefeito José Maria Gonçalves, o sargento Sena, comandante do destacamento local da PM, os sub oficiais Sampaio e Jonas, sargentos Carlos e Valdir, e o secretário municipal de Educação, professor Edivan Siqueira.

Na plateia, os participantes do curso e muitos de seus familiares; os que concluíram o curso receberam, além da Carteira de Habilitação Fluvial, camisetas e coletes salva-vidas, cortesia da Prefeitura Municipal de Faro.

A volta dessa missão a Faro para novos cursos e palestras será solicitada pela prefeita Jade Abreu e pela Câmara Municipal, em seus ofícios de agradecimento por essa visita.

 
Homenagem na Câmara Municipal de Faro.

Fonte/Fotos: z fioravante

 

Blogroll

About