sábado, 15 de dezembro de 2018

LUTA: MACHIDA ESTREIA NO BELLATOR ENCARANDO RAFAEL CARVALHO


Lyoto contará com o apoio do torcedor paraense
Neste sábado, 15, o lutador baiano, mas paraense de coração, Lyoto Machida encara Rafael Carvalho no Bellator, que será em Honolulu, no Havaí, pela edição 213 da organização. Será a primeira luta de Lyoto na nova competição. O detalhe é que a categoria é o peso-médio e o adversário é ex-campeão da referida categoria. 
No entanto, confiança faz parte do dicionário do lutador que carrega a bandeira do Pará no mundo. "Me sinto preparado para essa luta, quero mostrar o meu melhor e conquistar a minha primeira vitória nessa nova etapa", afirmou Machida, que foi enfático. "Não entrei no Bellator para brincar" destacou Lyoto, que também abordou os seus princpipios para obter sucesso. "Foco e disciplina estão comigo por toda a minha trajetória". Lyoto é ex-lutador do UFC. Inicia no Bellator para encarar o desafio de buscar o cinturão da categoria, cujo dono é Gegard Mousasi. Lyoto ressaltou que a sua preparação engloba vertentes físicas e psicológicas. "A pressão sempre vai existir, independentemente do momento, sempre existe uma cobrança interna e externa. Só que essa pressão não entra comigo no octógono, lá dentro vamos ser só eu e o Rafael Carvalho".

Fonte/Foto: O Liberal/Tarso Sarraf 

SEM PALAVRAS...


MUNICÍPIOS DO PARÁ TERÃO QUASE R$ 20 MILHÕES DE REFORÇO

Projeto libera R$ 19,5 milhões, dos quais Belém receberá a maior fatia, R$ 5.768.912,00

Recurso será entregue em parcela única em dezembro de 2018 e impulsiona capacidade de exportação nos Estados
A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou o Projeto de Lei nº 424/2018, de autoria da senadora Kátia Abreu (PDT-TO), que dispõe sobre a prestação de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) pela União aos Estados, ao Distrito Federal (DF) e aos Municípios, relativo ao exercício de 2018.
O recurso tem como objetivo fomentar as exportações. Os municípios paraenses terão direito a uma fatia de R$ 19.504.415,00, segundo cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Desse montante, Belém receberá a maior fatia (R$ 5.768.912,00) no Estado, seguido por Parauapebas (R$ 4.113.422,00), Marabá (R$ 2.219.369,00), Tucuruí (R$ 1.680.792,00), Barcarena (R$ 1.742.240,00) e Ananindeua (R$ 1.116.914,00).O montante a ser distribuído para Estados, DF e Municípios é de R$ 1.950.000.000,00.
Do total que cabe a cada ente estadual, a União entregará 75% diretamente ao Estado, e, aos seus Municípios, 25%. O repasse ocorrerá segundo os coeficientes individuais de participação na distribuição da parcela do ICMS com referência aos valores definidos pelo Confaz para o exercício de 2017.
Conforme o texto do projeto, o recurso será entregue em parcela única em dezembro de 2018. A CNM emitiu nota de apoio a matéria e reiterou a necessidade de os municípios de que esses recursos sejam liberados ainda neste exercício.

Fonte/Foto: Thiago Vilarins, O Liberal/Cristino Martins

PARÁ: HELDER BARBALHO ANUNCIA O NOVO PRESIDENTE DO ITERPA


O governador eleito Helder Barbalho anunciou, na noite de ontem (14), nas redes sociais, o nome do novo presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa). O nome escolhido é o de Bruno Kono, que é bacharel em Direito, com especialização em Direito Ambiental e Gestão Estratégica da Sustentabilidade pela PUC de São Paulo. Ele também é Mestre em Direito no Projeto Temático Direito Minerário Ambiental da PUC.
Kono é procurador autárquico concursado do Iterpa há 11 anos, além de vice-presidente da Comissão de Direito Agrário e do Agronegócio da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará (OAB-PA). Ele atua como membro da Comissão de Mediação de Conflitos Agrários do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-PA) e da Comissão de Estudos, Assessoramento e Combate à Grilagem do tribunal.
Helder disse que irá trabalhar para transformar o Iterpa em um órgão ágil e protagonista do processo de regularização fundiária com “transparência, responsabilidade, previsibilidade e que garanta segurança jurídica e planejamento a quem precisar”.
OS SECRETÁRIOS JÁ ANUNCIADOS
Já foram anunciados por Helder Barbalho os secretários: Alberto Beltrame (Saúde), Pádua Andrade (Transportes), Mauro O’ de Almeida (Meio Ambiente),Hana Sampaio Ghassan (Planejamento), René Sousa (Fazenda) e Parsifal Pontes (Chefe da Casa Civil), além do presidente do Banpará, Braselino Assunção.

Fonte/Foto: Diário do Pará

SOS LAGO MAICÁ


Há anos os santarenos estão lutando pela preservação do lindíssimo lago Maicá, um santuário ecológico de beleza ímpar, área de proteção ambiental que está nos planos da Empresa Brasileira de Portos (Embraps) transformar em Estação de Transbordo graneleiro, pretensão que acaba de ser endossada pela Câmara Municipal de Santarém e que precisa ser vetada pelo prefeito Nélio Aguiar.  O município precisa, sim, de investimentos, mas não à custa da destruição de seus recursos naturais e da qualidade devida de seus habitantes.
Grupo de estudo multidisciplinar composto por docentes da Universidade Federal do Oeste do Pará, criado para estimar os impactos da implantação do porto no Lago do Maicá, concluiu que devem ser analisados de forma integrada todos os empreendimentos diretamente ligados à sua operação, tais como o pátio regulador de carretas e estradas de acesso ao complexo portuário. A UFOPA considera que o Estudo de Impacto Ambiental do Terminal Portuário da Embraps não está em conformidade com o solicitado no Termo de Referência emitido pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS), necessitando de readequações metodológicas tanto no meio socioeconômico quanto ambiental. Falta, no EIA da Embraps, estudo sobre patrimônio histórico e arqueológico pré-histórico. E isso em uma região onde o patrimônio arqueológico está entre os mais importantes do Brasil.  Este também é o entendimento do Ministério Público do Estado do Pará e do Ministério Público Federal.
Depois de muito debate e participação popular, em novembro de 2017, em plenária de 700 pessoas, a população de Santarém aprovou a revisão do Plano Diretor Participativo que proibia, claramente, a construção de porto na área de proteção ambiental e região turística do Maicá, berçário natural de diversas espécies da fauna amazônica, onde vivem, além de quilombolas, mais de 1500 famílias de povos tradicionais. Para surpresa de todos, agora, às vésperas do recesso de Natal, os vereadores de Santarém alteraram o documento para permitir a construção de um porto para distribuição de soja, às custas da destruição do Maicá. Uma campanha virtual está recolhendo assinaturas em petição pública para que o prefeito Nélio Aguiar vete essa lei que cobre de vergonha os santarenos. Para assinar clique aqui. Eu já assinei.

Fonte/Foto: Franssinete Florenzano/Emi Okada Pereira


PARINTINENSE DEVE COMANDAR A AMAZONASTUR


Governador Wilson Lima já teria escolhido nome
O governador eleito, Wilson Lima, já teria um nome para presidir a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). Trata-se da parintinense Lene Medeiros (foto), que já foi diretora de marketing da Amazonastur, informaram fontes do Portal DeAMAZÔNIA.
Lene é irmã do ex-vereador de Parintins, Henrique Medeiros. 
O escolhido por Wilson vai assumir no lugar do empresário Orsine Junior. O atual presidente da Amazonastur vai sair num desgaste depois da Festa do Guaraná, em Manaus, neste fim de semana. A Amazonastur também se atrapalhou na organização do Festival de Parintins, em 2018.
A festa do Guaraná, este ano, não teve campeonatos esportivos e o presidente da Amazonastur queria acabar com o tradicional concurso da Rainha do Guaraná. As rainhas chegaram e emitir nota de Repúdio contra Orsine Jr.

Fonte/Foto: Portal DeAmazônia

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA CARAVANA DE NATAL DA COCA-COLA EM MANAUS


Caminhões iluminados e o famoso urso polar irão animar as ruas da capital amazonense
A Caravana de Natal da Coca-Cola irá iluminar as ruas da capital amazonense. Neste sábado (15/12), os personagens da atração visitarão, a partir das 19h30, o Shopping Ponta Negra e o Carrefour de Flores. Até o dia 22 de dezembro, os tradicionais caminhões da marca farão um desfile parando em pontos estratégicos de grande fluxo, tornando o momento ainda mais mágico. A ação conta com o apoio do Grupo Simões.
Além dos caminhões iluminados, está entre as atrações o famoso urso polar, que completa 25 anos de idade e volta a estrelar a campanha de final de ano marca.
No dia 16, será o Shopping Manaus Via Norte; no dia 17, é dia de divertir o público no Manauara Shopping; e no dia 18, a parada será no Atacadão Educandos. No dia 19, a programação continua no Assaí Atacadista Grande Circular; no dia 20, o point será o Superatacado Nova Era Torquato Tapajós; no dia 21, os caminhões da caravana visitam o Hiper DB Coroado; e dia 22, a ação encerra na Orla da Ponta Negra. O roteiro completo estará disponível no site da Coca-Cola.
União e situações clássicas da data inspiram a campanha que, neste ano, traz embalagens com frases como: “Não deixe apagar as suas tradições” e “Na ceia, todos participam”.
Outra novidade da campanha é que, através do app Natal Coca-Cola, os consumidores poderão escanear a embalagem temática para ter acesso a um conteúdo exclusivo em realidade aumentada. Serão quatro episódios com histórias do icônico urso polar.
Para presentear ou enfeitar a ceia, combos com ursinhos e garrafinhas de alumínio que podem ser personalizadas, bolsa térmica e garrafinhas de vidro estão à venda no site do e-commerce da Coca-Cola (loja.cocacola.com.br) com entrega em todo o Brasil.

Fonte/Foto: Portal DeAmazônia/Divulgação

 

Blogroll

About