terça-feira, 5 de junho de 2018

OPERAÇÃO MINERODUTO APREENDEU CERCA DE 10 MI TONELADAS DE COBRE E MANGANÊS NO PARÁ


Todo o material estava concentrado em Barcarena. Ainda foram apreendidas toras de madeira e 17 máquinas
Um montante formado por 7,8 toneladas de cobre (em big bag) e 9,8 mil toneladas de manganês, além de 168 metros cúbicos de madeira em toras, 17 máquinas e equipamentos (Bob Cats, empilhadeiras, retroescavadeiras, guindastes e outros bens), 53 conteineres de 20 pés e outros cinco de 40 pés foram apreendidos,  meses de abril e maio deste ano, em empresas irregulares de Barcarena, no nordeste paraense. A operação, intitulada 'Mineroduto' foi realizada pelas Secretarias relacionadas ao Meio Ambiente.
Impedir a prática ilegal de armazenamento e transporte de minérios, especialmente o manganês, é a principal finalidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Barcarena (Semade), na ação de fiscalização ambiental intitulada Operação Mineroduto, executada pela Diretoria de Fiscalização, da Semas. Três etapas, das missões planejadas para 2018, foram deslanchadas no município de Barcarena, região Tocantins, nos meses de abril e maio.
Denúncias de irregularidade ambiental em estabelecimentos que desenvolvem atividades com minério de manganês no município de Barcarena motivaram a Semas ao planejamento das ações, para o ano todo. Do total de empresas fiscalizadas, todas apresentaram alguma irregularidade relacionada à Licença de Operação.
Durante a operação, foram lavrados 12 autos de infração a empresas, por desenvolverem atividade de Terminal Logístico de Cargas sem a devida autorização do órgão ambiental competente - também foram consideradas as irregularidades no uso irregular dos recursos hídricos.
Segundo o diretor de fiscalização da Semas, Jorge Antonio Dias, o município de Barcarena é a principal porta de entrada e saída de manganês em estado bruto no Pará e a ação fiscalizadora está examinando toda a cadeia que envolve a atividade, desde a origem do material. Ele informa que muitas empresas estão apostando na atividade, mas de forma irregular.
Ainda de acordo com o diretor da Semas, a Operação Mineroduto ainda está no início, com muito trabalho a fazer, para frear o comércio ilegal do manganês no município, em todos os pontos ligados à atividade de terminal logístico de cargas, instalados em Barcarena.  “A continuidade da operação, além de impedir práticas infracionais, busca conscientizar os empreendedores quanto à importância da regularização ambiental dessas atividades”, explicou Jorge Antonio Dias.

Fonte/Foto: Portal ORM/Ascom Semas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente:

 

Blogroll

About