segunda-feira, 4 de junho de 2018

BELÉM-PA: FEIRA PAN-AMAZÔNICA DO LIVRO ABRE “NA RAÇA”


Este ano a Feira Pan-Amazônica do Livro, mais do que nunca, só está acontecendo pela tenacidade de seus organizadores. Dezenas de milhares de livros ficaram retidos durante uma semana no trajeto de São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro para Belém, por causa da greve dos caminhoneiros, mas o secretário de Estado de Cultura Paulo Chaves (foto) resolveu arriscar. Adiou um dia, convocou a equipe para virar noite e madrugada e graças à união de esforços a programação foi garantida. Para se ter uma ideia, às 22h de sábado ainda estavam chegando trinta mil livros no Hangar. Há 131 empresas participando diretamente do evento, 1.300 títulos disponíveis para venda, o estande de escritores paraenses conta com 300 autores de 14 municípios e R$ 4 milhões em Credlivro estão disponíveis para cerca de 20 mil servidores públicos.
Uma das novidades é a “Mostra Pan-Amazônica de Música”, que reúne merengue, a salsa, zouk e guitarrada. Logo na abertura da Feira, hoje de manhã, um show da Amazônia Jazz Band homenageou a música colombiana com a matriz caribenha, que muito influenciou a música brasileira.
Desde março, vidas e obras dos escritores paraenses Daniel da Rocha Leite, Alfredo Garcia, Rosângela Darwich e Juraci Siqueira estão sendo estudadas em escolas públicas. Os autores selecionados percorreram as escolas também com três meses de antecedência.
O seminário "Colômbia Renasce", com palestra do cônsul da Colômbia em Manaus, José Gilberto Rojes Florez, abriu a Feira, seguido pelo debate "Pactos Sociais: A experiência da Colômbia", com Pietro Alarcon (SP) e Sandra Suescún (coordenadora das Bibliotecas Públicas), mediado pela jornalista Nélia Ruffeil. Agora à tarde teve mostra de cinema com o filme "O Abraço da Serpente" e à noite será exibido "As Cores da Montanha", encerrando com o show Vozes da Fronteira, com a banda Os Latinos e o Grupo Som do Pau Oco.
A XXII Feira Pan-Amazônica do Livro vai até o dia 10 de junho de 2018, no Hangar-Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, no horário de 10h às 22h. Cliquem aqui para ver a programação completa.

Fonte/Foto: Franssinete Florenzano, em uruatapera.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente:

 

Blogroll

About